Simulação de Financiamento para 2021

Você que procura um bom simulador de financiamento para o ano de 2021, chegou no local certo. Nós temos diversos simuladores de empréstimo, de financiamento de veículos de imóveis e outros, prontos para te auxiliar.

Nossas calculadoras são criadas por especialistas, e conseguem efetuar uma simulação rápida e simples mesmo para leigos no assunto. Apenas informe o valor que deseja contratar, informações sobre prazo de pagamento e parcelas e pronto, a mágica está feita.

Clique em uma das opções abaixo e faça sua simulação de financiamento e crédito rápida online.

3 dicas práticas para poupar dinheiro

Você ganha um salário médio, tem certa estabilidade na empresa e mesmo assim nunca consegue economizar dinheiro no fim do mês? Neste post, reunimos 3 dicas práticas para poupar dinheiro que vão facilitar muito a sua vida.

Confira abaixo dicas práticas para poupar dinheiro que podem mudar o futuro de sua vida financeira:

1. Anote seus gastos

Parece fácil e simples. E é! Mas requer uma certa disciplina e a certeza de que essa pequena atitude fará uma grande diferença no fim do mês. Sabe por quê? Porque boa parte das pessoas não sabe para onde vai o próprio dinheiro. A maioria acaba se perdendo nas parcelas, nas compras pequenas, nos gastos diários e, no fim das contas, o salário que entra é o salário que sai.

Só que essa situação é perigosa: se você não tiver um colchão financeira, será muito difícil lidar com imprevistos, como uma demissão, ainda mais em um cenário de instabilidade econômica no Brasil. Por isso, não interessa qual meio usar: anote cada compra. No Vivo Seu Dinheiro, estão disponíveis planilhas que vão ajudar você a manter esse controle.

2. Defina onde cortar

Depois de anotar seus gastos diariamente durante um mês, você já terá uma boa noção de como está a sua situação financeira. Em que tipo de conta você gasta mais? É com o aluguel? Com o supermercado? Ou será com roupas, parcelas de compras, clubes de assinatura? Defina para si mesmo quais são as suas prioridades, o que é essencial de verdade, e experimente cortar o resto.

No início, qualquer redução gera desconforto, porque é provável que você já esteja acostumado com o padrão de vida atual. Mas você vai perceber, depois de alguns meses, que essa pequena dor por cortar excessos vai resultar em um excedente de dinheiro que trará muitos benefícios para o médio e longo prazo. Quem sabe agora você possa investir seu dinheiro de forma inteligente?

3. Não deixe o dinheiro parado

Você diagnosticou suas finanças, tomou medidas de corte de gastos e conseguiu, pela primeira vez, poupar algum dinheiro. Excelente! Mas agora vem uma outra parte da história: fazer o dinheiro trabalhar para você. Já pensou nisso? Se você mantiver o dinheiro na gaveta de casa, verá com o tempo que a inflação se encarrega de corroer o poder de compra.

Na prática, é assim: aqueles R$ 2 mil que neste momento compram um bom notebook daqui a cinco anos não vão servir nem para um laptop bem mais modesto. Por quê? Mesmo que a inflação se encaminhe a partir dos próximos meses para o centro da meta, como o Banco Central prevê, ainda teremos um déficit de 4,5% ao ano no poder de compra.

Ou seja, a cada ano que passa, aqueles R$ 2 mil compram, em média, 4,5% menos. Isso considerando que o Banco Central controle com rigor os juros e o governo consiga aprovar medidas para enxugar os custos do estado. Se isso não acontecer, a inflação pode ser bem maior do que o desejado.

Por isso, você precisa investir seu dinheiro. Mesmo que seja pouco, não o deixe parado na conta. Há inúmeras opções de renda fixa que têm grande liquidez, como títulos do Tesouro Direto. Nunca ouviu falar? Vale a pena considerar essa opção.

Deixe um comentário