Simular Financiamento

Cartão de Crédito

Cartão Credicard Zero Itau

Credicard zero

Os grandes bancos estão percebendo a grande mudança no mercado financeiro, onde contas e cartões cada vez mais digitais e com menos tarifas, estão dominando o mercado brasileiro, como é o caso do exemplo “clássico” chamado de Nubank. E para não ficar de fora desta concorrência, é que bancos como o Itau, estão lançando concorrentes para esta modalidade e a última atualização no ramo é o Cartão Credicard Zero Itau.

Neste artigo estaremos falando um pouco mais sobre esta novidade do Itau, que promete ser um concorrente a altura do roxinho Nubank, onde promete não cobrar anuidade, ter um atendimento totalmente online através de chats no próprio aplicativo, diferentes transações e pagamentos através do APP e o melhor, todos estes benefícios sem ter que cobrar nada a mais por isso.

Quem vem ganhando com essas novidades e concorrências, somo nós, os consumidores, que necessitamos de contas e cartões para o nosso dia a dia.

O cartão Credicard Zero do Itau

O cartão de crédito Credicard Zero do Itau, terá bandeira Mastercard, com limites a partir de mil reais, podendo ser aumentado de acordo com o perfil do cliente. Entre estes perfis, estão cartões de categorias Gold, Platinum e Black, nomenclaturas recorrentes no mundo financeiro.

Com relação aos juros

Os juros são somente para atrasos e aqueles que não pagarem o valor total da fatura. No Credicard os juros são de até 9,9%, enquanto outros concorrentes, a porcentagem pode chegar em até 14% ao mês.

Veja também: Simulador Itaú de Financiamento

Como fazer um cartão Credicard Zero?

Para fazer o seu cartão Credicard Zero do Itau, não é preciso ser cliente do banco, pode ser feito a solicitação por qualquer pessoa residente no Brasil. Para solicitar o cartão basta acessar o site Credicard.com.br e realizar o cadastro, inserindo os seus dados pessoais, documentação e itens como o endereço, a renda total mensal e o seu RG e CPF para que o banco possa realizar a consulta.

Após preencher corretamente a solicitação, você irá enviá-la e aguardar até que o banco entre em contato através do email inserido no cadastro. Durante este período será feita uma análise de crédito, com consultas no SPC, Serasa e outros órgãos. Caso aprovado, será necessário baixar o aplicativo e seguir as instruções que serão enviadas por email.

É provável que a sua solicitação seja reprovada. Neste caso você também será informado por email e poderá realizar uma nova solicitação após seis meses. Neste período, procure organizar suas finanças e deixar seu nome “limpo” caso tenha sido reprovado na primeira vez.

Diferenças com o concorrente Nubank

O Credicard Zero conta com algumas diferenças em relação ao Nubank e nós vamos apresentar as principais por aqui. Primeiro que no Credicard é possível solicitar um cartão adicional sem custo, o que não acontece no roxinho. O limite será o mesmo, porém você poderá definir um teto máximo de gasto para este segundo cartão. A idéia é bem legal para quem possui dependentes.

Outra diferença é em relação aos benefícios e vantagens. No Nubank, para ter acesso ao Rewards, que é o programa de vantagens, é preciso ativar o programa e pagar uma tarifa de R$ 19 por mês. Já no Credicard, algumas boas vantagens estão inclusas no cartão sem ter que pagar nada a mais por isso.

Credicard zero

Vantagens Credicard Zero nas suas compras

Como citamos acima, o Credicard Zero oferece diversas vantagens em suas compras, mas elas podem expirar, por isso é importante estar atento. Nesta primeira remessa, entre as vantagens estão:

  • A cada 10 viagens no Uber, pagas com o cartão, você ganha uma viagem de até R$ 20, até o início do mês de abril de 2018.
  • Na Netshoes pagamentos com o Credicard concedem descontos de 20% nas compras.
  • Na Decolar a compra de passagens aéreas ganham 5% de desconto, em pacotes e diárias o desconto é de 10%.
  • Na Zattini, o desconto para pagamento com o cartão é de 15%.
  • No Ponto Frio o desconto é de ATÉ 40%, variando de produto para produto.

E o cartão ainda oferece descontos exclusivos para compras no Extra, Fastshop e Magazine Luiza. Os descontos são somente para compras feitas nos sites oficiais dos ecommerce, não válido para lojas físicas, afinal as opções são exatamente para deixar os clientes cada vez mais conectados.

Opções que poderão ser pagas no Credicard Zero

O Credicard Zero, apesar de oferecer as vantagens que citamos acima, como anuidade zero, conta também com alguns serviços pagos que poderão ser ativados opcionalmente. Entre estes serviços estão:

  • Segunda via do Cartão: R$ 9,90 por ocorrência.
  • Avaliação emergencial de crédito: R$ 15,00, sendo limitado a uma por mês.
  • Avisos por SMS: Taxa de R$ 5,50 por mês.
  • Saques nos canais de auto atendimento (valores em espécie): Taxa de R$ 8,00 por saque.

Site oficial e canais de informações

Para conferir todos os detalhes do cartão, fazer a solicitação, tirar suas dúvidas, entre outros, acesse o site:

Página oficial do Credicard no Facebook: www.facebook.com/credicard

Qualquer dúvida, entre em contato através do telefone:

  • SAC: 0800 728 0728

Aplicativo permite Pagar boletos com cartão de crédito

pagar-boleto-cartao-credito

Que tal pagar seus boletos usando seu cartão de crédito? Se você é adepto do uso do cartão de crédito e gosta de controlar e concentrar todos seus gastos no cartão, evitando filas nos bancos e perda de tempo, pode gostar desta novidade. Agora você pode pagar seus boletos de qualquer banco utilizando seu cartão de crédito. Confira abaixo mais detalhes.

A funcionalidade está presente na nova versão do aplicativo do Mercado Pago, um sistema de pagamentos criado pelo Mercado Livre. O serviço é gratuito e pode ser utilizado apenas fazendo o download do aplicativo nas lojas do Google e Apple.

Pagar boletos de conta de água, telefone, luz, TV a cabo ou qualquer serviço pode se tornar algo cansativo e até trabalhoso, devido aos vários vencimentos e bancos diferentes. O aplicativo pode ser muito útil nesses casos, permitido um maior controle dos gastos, um maior prazo de pagamento e facilidade nos pagamentos.

Como pagar o boleto no cartão de crédito

Para usar o aplicativo, faça aqui o download na Google Play na App Store. Será necessário um cadastro prévio para utilizar o aplicativo, entre com sua conta do Google ou pelo Facebook, para agilizar o processo.

Ao abrir o aplicativo, acesse o menu “Pagar”, na parte inferior do aplicativo. Em seguida, clique em “Pagar Conta” e em seguida “Escanear código de barras”. Posicione a linha vermelha do código de barras sobre o documento e aguarde a leitura. Você pode ainda digitar o código do barras do seu boleto manualmente, caso não seja possível efetuar a leitura do código pela câmera.

Em seguida, escolha seu método de pagamento pelo cartão de crédito e escolha continuar. Digite o código de segurança do seu cartão e confirme seu pagamento. Atualmente, são mais de 600 empresas que já fazem parte do sistema de pagamentos de boletos pelo cartão de crédito.

Confira as novas regras do cartão de crédito

Vantagens de utilizar o cartão como pagamentos

Existem algumas vantagens em se utilizar o pagamento de boletos pelo cartão. Além de pagar sua contas e boletos em poucos passos, ganhar tempo e não esperar longas filas nos bancos, você não precisa de lembrar de senhas de nenhum de seu cartões, já que todos ficam armazenados no aplicativo.

Quem concentra todos seus gastos no cartão de crédito, visando um maior controle das contas e gastos por categoria, datas e segmentos, esta opção poder ser muito bem vista. Já que na fatura completa do cartão, existe um relatório com todos pagamentos efetuados, sendo assim possível verificar a descrição dos gastos, datas, valores e até mesmo a categoria de consumo.

Acúmulo de milhas

Outra boa ideia nesta funcionalidade, está no fato de se beneficiar dos gastos no cartão para acumular pontos em programas de milhagem. Alguns cartões permitem acúmulo de milhas aéreas de acordo com os gastos.  Com o pagamento dos boletos você poderá acumular um valor maior de gastos e consequentemente mais pontos no cartão, que podem ser trocados por passagens aéreas, hotéis e vários outros produtos.

Prazo de pagamento

Talvez a principal vantagem de se utilizar o cartão para pagar boletos de consumo, seja o prazo de pagamento. Graças a data de vencimento do cartão e o prazo de carência para compras cobradas no mesmo mês, você poderá pagar um boleto com vencimento próximo e só pagá-lo efetivamente no vencimento de sua fatura.

Esta opção pode permitir que um boleto seja pago com até 40 dias a mais de prazo depois de seu vencimento. Utilizando esse prazo, você pode ficar longe das altas taxas de juros de financiamentos para pagar suas contas.

Pagar boletos é algo que faz parte da vida financeira de todos os brasileiros, analisar esta nova opção de pagamentos de contas no crédito, deve ser algo a ser considerado.

Outras funcionalidades do Mercado Pago

Além da opção de pagar os boletos no cartão, aplicativo também tem outras opções bem interessantes. Você pode por exemplo enviar dinheiro para seus contatos através do cartão. O dinheiro é debitado no seu cartão e é enviado para conta deu seu amigo no Mercado Pago.

O aplicativo que já foi baixado mais de 1 milhão de vezes, está disponível no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, México e Venezuela.

Novas regras do cartão de crédito começam a valer

As novas regras do cartão de crédito começam a valer a partir desta segunda-feira (03/04), segundo publicação do Conselho Monetário Nacional (CMN). A mudança vem para beneficiar cidadãos que por algum motivo não conseguem pagar o valor total de sua fatura na data de vencimento. Confira abaixo nosso artigo completo sobre as mudanças nas regras para quem utiliza cartões de crédito no Brasil.

Como funciona atualmente

Atualmente o trabalhador que optar por não pagar o valor total da fatura, pode pagar o valor mínimo exibido pela operadora do Cartão. O saldo devedor da fatura é financiado pelo crédito rotativo até o próximo mês. Caso não haja o pagamento, o saldo devedor continua no crédito rotativo do banco.

O crédito rotativo é o valor que o banco ou financeira empresta para o cidadão optou por não pagar o valor total da fatura. O valor que ficou em débito, é financiado para pagamento seguindo as regras e juros da modalidade rotativa.

Quando o cidadão paga o valor mínimo estipulado em sua fatura, entra automaticamente no crédito rotativo, que possuis os juros mais altos de todo o mercado financeiro.

O que muda nas regras do cartão de crédito?

As mudanças das regras são referentes ao crédito rotativo dos cartões. Com as alterações nas regras, as operadoras de cartões e financeiras deverão transferir para a modalidade de crédito parcelado com taxas menores, os valores que não foram pagos totalmente na fatura do cartão em 30 dias.

Desta forma, os cidadãos que não pagarem o valor total da fatura de forma integral, só ficarão no crédito rotativo (que possui juros mais altos e abusivos) por 30 dias. Após esta data, os valores do rotativo que não foram quitados, deverão ser transferidos para a opção de financiamento ou crédito parcelado, que possui juros menores.

Nova forma de pagamento

Depois do período de 1 mês no crédito rotativo:

  • Você pode pagar o total da fatura, com juros menores
  • Ou pode pegar um empréstimo com taxas mais baixas no banco para pagar a dívida.

Redução de juros do cartão

A grande vantagem desta mudança nas regras do financiamento da fatura do cartão de crédito, é a diminuição de juros que serão pagas pelo trabalhadores. Quem não pagou a fatura integral, só irá pagar os juros altos do crédito rotativo por 30 dias. Após esta data, o trabalhador deverá pagar o total de sua fatura, ou o banco deverá oferecer condições melhores para financiamento de sua fatura do cartão de crédito.

Simule o financiamento oferecido pela financeira

Outra dica importante, é sempre simular as condições do financiamento que será oferecido. Verifique as taxas cobras pelo banco na sua fatura, e utilize nossa calculadora de financiamento para saber qual o valor real dos juros pagos. Acesse aqui.

Os juros do crédito rotativo do cartão de crédito pode chegar até a 485% ao ano. Com as mudanças nas regras, segundo acordo do Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), estima-se que os gatos com juros caiam pela metade.

É recomendado que os trabalhadores sempre paguem o valor integral de sua fatura, não financiando nenhum valor para o próximo mês. As mudanças de regras podem auxiliar o trabalhador, já que “obriga” o pagamento integral dentro de um mês.

Após o anúncio das alterações nas regras, as taxas de juros do rotativo do cartão subiram de 15,12% para 15,16% ao mês em fevereiro. Já o crédito parcelado para financiamento, caiu de 8,34% para 8,30% ao mês.

Impactos da medida

A expectativa do Governo é que a taxa de juros do cartão caia pela metade. O percentual médio dos juros é de 15,85% ao mês. O cidadão que possui saldo devedor no crédito rotativo, pode optar por contratar um empréstimo para pagar sua dívida. Os juros de crédito pessoal, crédito consignado e até mesmo do cheque especial são menores que o do cartão de crédito.